Tilda Swinton: musa da moda

Tilda Swinton é uma musa da moda

A atriz britânica Tilda Swinton já deixou sua marca no cinema. Ganhadora do Oscar de melhor atriz por Conduta de Risco, ela também tem no currículo filmes como As Crônicas de Nárnia: O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa e Precisamos Falar Sobre Kevin e Vanilla Sky. Além do talento, a atriz chama a atenção por seu estilo considerado excêntrico o que a fez ser referência  no meio fashion,  selndo alçada ao posto de musa.

Pele branca e cabelos curtos e ruivos são a marca registrada de Tilda Swinton. Mas suas roupas e combinações são sempre uma surpresa nos tapetes vermelhos. O que é considerado estranho para alguns, muitos a acham ousada por usar looks excêntricos e diferentes, sem ser exagerada. A atriz sempre aparece com vestidos minimalistas, além de uma maquiagem bem clean.

Mas essa febre de Tilda Swinton não é algo recente. Desde de 2003, já há uma certa idolatria pela atriz, quando os estilistas da grife Viktos & Rolf fizeram uma apresentação inspirada nela, com modelos maquiadas e vestidas a la Tilda Swinton. O desfile, chamado One Woman Show, também contou com a participação da própria atriz que lia um poema de sua autoria, enquanto as modelos desfilavam. Mas isso é alguns do diversos trabalhados da atriz ligados à moda. Ela também estrelou a campanha inverno 2011 da grife Pringle of Scotland e sempre está em editoriais de moda, além de revistas do ramo.

A atriz é principalmente conhecida por sua versatilidade em papeis no cinema e, sobretudo, por seu background cultural e político. Ela se formou em Ciências Sociais e Políticas na Universidade de Cambrigde. A atriz nasceu numa família inglesa de classe alta e foi da mesma classe da Princesa Diana, na escola West Heath Girls’ School.

Tilda começou a trabalhar com teatro em Edimburgo, nos anos 80, e conseguiu vários trabalhos no cinema depois como War Requiem e Edward II, que por sua atuação, ganhou o prêmio de melhor atriz do Vulpi Cup Awards, no Festival de Cinema de Veneza. Mas o seu primeiro grande papel foi em Orlando – A mulher imortal, de 1992, adaptação para o cinema do romance de Virginia Woolf. 

A sua primeira nomeação ao Globo de Ouro foi em 2001, pelo filme Até o Fim, como melhor atriz. Em 2008, ela ganhou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por Conduta de Risco, em que atuou ao lado de George Clooney e Tom Wilkinson, além de também ter recido o Bafta, Oscar inglês, na mesma categoria.

Um dos seus últimos trabalhos foi Precisamos Falar sobre Kevin, sobre uma mãe e seu filho adolescente problemático. Sua atuação lhe rendeu a indicação ao Globo de Ouro deste ano como melhor atriz.

Foto Tilda Swinton: elcollardehampstead.blogspot.com

Autor: Mariana Valle

Blogger na rede The Diktyo SL.Cursando Comunicação Social - Jornalismo na UFRJ.

Um comentário em “Tilda Swinton: musa da moda”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *