O adeus de Ronaldo Fraga para os desfiles de São Paulo Fashion Week

Ronaldo Fraga diz adeus para os desfiles

O estilista Ronaldo Fraga enviou uma carta à imprensa anunciando a sua saída das passarelas e de grandes eventos. Os desfiles do São Paulo Fashion Week, que já vão ser em janeiro, também não farão mais parte do calendário do estilista que deixou as passarelas por tempo indeterminado.

Ronaldo decidiu pular a temporada de inverno 2012 para se focar em outro projetos e procurar uma outra maneira de se trabalhar em uma indústria exigente. Afinal ela cansa e muito qualquer profissional que trabalha em função dela.

“Paro. Logo existo”. Essa foi a primeira frase da carta do estilista. Ronaldo durante o texto filosofa um pouco sobre moda e questiona sua forma. “A moda acabou? Pelo menor da forma como a conhecíamos, acredito que sim. O desenho de um novo tempo nos pede novas funções para roupas, corpos, móveis e imóveis.”

O estilista que em um ano realizou seis coleções de moda, quatro exposições multimídia, além da direção criativa de grandes eventos e projetos em todo o país, dentre outros trabalhos, resolveu dar um tempo e começar a investir em outros suportes e para “pensar e expor, produzir e comercializar moda no Brasil”.

Depois de 17 anos desfilando em coleções anuais, Ronaldo decidiu que a próxima temporada de inverno ele já não vai participar. Segundo o estilista, ele quer estabelecer diálogos mais estreitos com outras frentes, não necessariamente a moda.

No início de 2012, Ronaldo irá lançar o seu primeiro livro: Caderno de roupas, memórias e croquis. “Em outras palavras, na próxima temporada trocarei a passarela por uma pausa e por uma escolha pela concentração em palavras, riscos, rabiscos e desenhos.” Mas suas roupas e todas criações continuarão nas vitrines e lojas de todo o Brasil para fãs e admiradores de seu trabalho.

Confira a carta na íntegra.

Carreira

Mineiro formado pela UFMG, o estilista cursou um dos melhores cursos de moda do mundo, em Nova York, a Parson’s School. Ele também aprendeu chapelaria na Saint Martins, em Londres, e depois desse curso abriu uma produção de chapéus junto com seu irmão. As peças eram vendidas nas feiras famosas de Portobello e Camden Town, em Londres. Com o que lucrou, o estilista usou para viajar por toda a Europa.

Em 1996, ele voltou ao Brasil para participar do evento Phytoervas Fashion, em São Paulo. Esta foi uma de suas primeiras edições. O seu desfile, chamado de “Eu amo coração de galinha”, foi um sucesso e surpreendeu o público por ser colorido e alegre, já que naquela época a moda seguia uma tendência clean.

No ano seguinte, ele participou de mais uma edição do Phytoervas, com a coleção “Em nome do bispo”. Inspirada na obra de Arthur Bispo do Rosário, Ronaldo ganhou o prêmio de estilista revelação e no mesmo ano lançou sua marca homônima.

Foto Ronaldo Fraga: ronaldofragavidaehistoria.blogspot.com

Autor: Mariana Valle

Blogger na rede The Diktyo SL.Cursando Comunicação Social - Jornalismo na UFRJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *