Dicas de consumo: as marcas de cosmético orgânico

Conheça algumas marcas de cosmético orgânico
Conheça algumas marcas de cosmético orgânico

A preocupação ambiental está em pauta e não é a toa que cada vez mais empresas de diversos setores seguem uma linha mais sustentável. Na beleza a situação é a mesma. Grandes marcas de cosméticos como a Lulu Organics têm como foco produtos orgânicos e naturais, além de utilizarem métodos artesanais. Elas estão mais interessadas na qualidade e no tipo de produção do que propriamente o design dos produtos. Muitas também estão dando mais atenção as substâncias que utilizam nesse processo e que não sejam prejudiciais à saúde. Há muitas opções de marcas para obter um produto natural e de qualidade.

A americana Burt’s Bees, por exemplo, inicialmente vendia mel e não tinha intenção de vender cosméticos. A família Burt depois de anos passou a produzir cosméticos a base de mel, como sabonetes e bálsamo para a boca; e viraram referência internacional na área. Outra conhecida é a marca anglo-japonesa Steam Cream que faz um tipo de creme usando técnicas de vapor. De acordo com a empresa, por meio dessa forma, os ingredientes naturais que são utilizados para confeccionar o creme são preservados com o vapor. A Steam Cream possui esse único produto que custa cerca de 10 libras. Não há lojas no Brasil que vendam a marca, mas a Steam Cream entrega o produto no país. O sucesso foi tanto que a empresa já fechou parceria com a Swarowski, que fez o design de uma lata de metal para carregar o creme.

A marca brasileira Sachi é conhecida pelos cosméticos feitos à mão e por se focar na produção em pequenos lotes. É mais uma empresa que optou pela produção artesanal, privilegiando ingredientes selecionados e sem prejudicar o meio ambiente. Dentre seus produtos há óleos faciais e para o corpo, sabonetes e aromas para o ambiente, todos à venda online no site. A Lulu Organics também segue uma linha natural. A marca vende shampoo seco em pó, além de sabonetes e bálsamo para lábios.

Essa tendência verde é forte. Na moda, nomes como Stella McCartney e a loja H&M adotam técnicas mais sustentáveis como o uso de tecidos orgânicos nas confecções de suas roupas. Na área da beleza acontece o mesmo. Há uma necessidade não só por parte dos consumidores, mas das próprias empresas de adotarem uma postura mais consciente. E ter essas opções mais saudáveis e naturais é benéfica para ambos os lados. Confira no Moda e Luxo mais informações sobre moda sustentável.

Foto: nasilogren.blogcu.com

Autor: Mariana Valle

Blogger na rede The Diktyo SL.Cursando Comunicação Social - Jornalismo na UFRJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *