Cabelos vermelhos sem sustos

Cabelos vermelhos estarão em alta nesta estação
Cabelos vermelhos estarão em alta nesta estação

Mudanças são sempre bem vindas, ainda mais quando se trata do visual. Mas na hora de dar uma renovada na aparência, a escolha da maioria das mulheres ainda é a tintura. Para mudar a cor dos fios, deve-se levar em conta o tom de pele, a textura dos cabelos, o tipo de coloração e as etapas do processo para conseguir o efeito desejado. Se o seu cabelo passa por algum tipo de tratamento químico ou é tingido com frequência, fique atenta ás técnicas inovadoras para a recuperação dos fios. Produtos para alisamento e tintura frequente podem fragilizar seus cabelos a longo prazo.

Nesta estação, os cabelos vermelhos estarão em alta, pois iluminam o visual e dão um ar mais moderno ao look, mas pintar os cabelos desta cor não é fácil.

O vermelho é bastante democrático, por ser uma variação do castanho, praticamente todos os tipos de pele combinam com essa cor. A dica é ficar atenta no tom. Peles mais brancas e pálidas pedem algo mais claro, mais alaranjado. Peles mais morenas combinam bem com o bordô, um vermelho mais escuro. Peles negras funcionam bem com o acobreado, o interessante é mesclar o tom chocolate com fios de cobre, pois dão um efeito luminoso ao cabelo sem parecer artificial.

Os salões de beleza já possuem profissionais especializados em tintura. São os famoso coloristas, mas tingir os fios com um profissional pode custar mais do que podemos dispor. Se você quer ser ruiva mas está com orçamento apertado, saiba como tingi-los em casa, de forma prática e sem sustos.

A primeira etapa é a descoloração dos fios. Para quem tem os cabelos muito escuros, é necessário clarear o tom para conseguir atingir o vermelho desejado. Muitos produtos no mercado prometem dar conta desta tarefa, mas preste atenção no tipo e na marca. Os mais indicados são os descolorantes em pó, pois contém substâncias calmantes, como camomila e aloe vera e costumam ser de fácil aplicação. Observe as nuances na embalagem do produto para não ‘abrir’ muito o tom.

Depois do processo de descoloração, é hora de aplicar a tintura nos fios. Opte por um shampoo tonalizante, se você deseja um visual temporário. Para algo mais permanente, escolha tintas que não contenham metais pesados em sua formulação. Os tonalizantes agridem menos, portanto, são indicados para cabelos que já passaram ou passam por processos químicos.

Comece a pintar seu cabelo pelas pontas, deixando-o agir por alguns minutos, para então, aplicar na raiz. Isso ajuda a evitar aquele efeito ‘degradée’, onde a cor fica mais forte no topo da cabeça e não aparece nas extremidades.

Não deixe o produto por mais tempo do que o indicado. Isto não ajudará a fixar mais a cor, além de causar alergias na pele e no couro cabeludo.

Para retirar a tintura, lave os cabelos com água morna, aplicando sempre um hidratante específico. Normalmente, as caixas de tintura já vem com um sachê. Não deixe de utiliza-los.

Lembrando que o cabelo vermelho não deve ficar exposto ao sol por muito tempo, pois é uma das cores que mais desbotam. As dicas para manter um cabelo vermelho sempre bonito e radiante são bastante simples: evite lavar os fios com água quente, utilize sempre shampoos específicos para cabelos coloridos e sem sal em sua formulação, além do filtro solar para cabelos, que parecem bobagem, mas são indispensáveis para manter a cor por mais tempo. Os mais indicados são os do tipo ‘leave-in’.

Depois, é só aproveitar para sair por aí exibindo seu cabelo novo!

Foto: ellemeyers.blogspot.com.es

Autor: Bruna Fernandes

Graduada em Comunicação Social - Habilitação Jornalismo pela Universidade Castelo Branco.Formada em Inglês pela Escola de Idiomas Wizard.Resenhista.

Um comentário em “Cabelos vermelhos sem sustos”

  1. É muito bonito o cabelo vermelho, mas ser usado como tinturas e descoloração forte no verão você tem que usar máscaras capilares, hidratação e muitos chapéus para evitar queimar pelo sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.