As participações mais “incomuns” do Fashion Rio

Rick Genest, tatuado em forma de esqueleto no desfile da Ausländer no Fashion Rio '11

Quem acompanhou o Fashion Rio, um dos eventos de moda mais importantes do país, viu a presença de celebridades internacionais. Mas os modelos Andrej Pejic e Rick Genest roubaram a cena da semana de moda carioca. O visual andrógino e um corpo inteiro tatuado em forma de esqueleto dominaram as passarelas do evento. A Ausländer, marca para a qual os modelos desfilaram, fechou com chave de ouro a semana de moda carioca, com as participações mais incomuns.

Andrej Pejic a primeira vista gera dúvida: homem ou mulher? O seu jeito andrógino foi justamente o motivo de sucesso do modelo. Com 19 anos de idade, o sérvio causa frisson nas passarelas internacionais, principalmente quando desfilou para Jean Paul Gaultier na Semana de alta costura em Paris, para uma coleção inverno 2011 da marca inspirada no James Bond. O casting de modelos para o desfile foi marcado por homens com cabelos longos e penteados como diva.

Sua ida ao evento carioca não foi diferente, ele foi o principal destaque no desfile da Ausländer.  Seus traços femininos têm emplacado grandes trabalhos, como campanhas para Marc by Marc Jacobs. A androginia é vista por muitos estilistas como uma das possibilidades para a roupa do futuro. Em entrevista a revista Daily Best, Andrej disse que não quer ser conhecido pela polêmica e sim ser visto como um símbolo da transformação nas imagens de moda. E para aumentar o currículo, ele foi eleito uma das 100 mulheres mais sexy do ano pela revista FHM.

Em entrevista para revista QUEM o modelo disse as grifes que mais gosta. “A Raquel Zimmermann é minha modelo brasileira preferida e o estilista é o Alexandre Herchcovitch. No exterior, minhas grifes favoritas são Alexander McQueen, Prada e Gucci. Além disso, a Lea T é uma grande amiga”, afirmou.

Outro destaque foi o modelo canadense Rick Genest, também conhecido como “Zombie Boy”, famoso por participar do clipe da Lady Gaga Born this way. O canadense, que desfilou também para a Ausländer, tem um visual exótico com inúmeras tatuagens, incluindo a de esqueleto no corpo inteiro.

Rick chegou a ser morador de rua e participou de freak shows. Mas ele foi descoberto no Facebook por Nicola Formichetti, diretor criativo de Thierry Mugler, mas foi pelo clipe da Lady Gaga que ele ficou famoso.

Sua tatuagem fez tanto sucesso que o estilista Thierry Mugler o escolheu como garoto propaganda de sua marca. Confira aqui as tattoos e as fotos para a campanha da marca.

Clique aqui para conferir como foi o desfile da Ausländer.

Foto: esper.art.br no Flickr

Autor: Mariana Valle

Blogger na rede The Diktyo SL.Cursando Comunicação Social - Jornalismo na UFRJ.

Um comentário em “As participações mais “incomuns” do Fashion Rio”

  1. Bellisima coleção na passarela de Ausländer. Estes são vestidos que podem ser a qualquer momento, muito jovem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.