Camisa branca: peça chave do outono

Não é de hoje que as mulheres roubam peças do vestuário masculino, veja por exemplo o caso dos famosos sapatos Oxford, porém a camisa branca é uma peça ainda mais especial, pois não se trata de um modelos que estará na moda nesse outono/inverno 2012 e depois terá que ser aposentada na próxima estação, pelo contrário. As camisas brancas são itens indispensáveis no guarda-roupa de qualquer fashionista para ser utilizada em qualquer estação e em diversas combinações possíveis.

A camisa branca é por assim dizer uma peça chave, clássica e atemporal. Sua versatilidade tem a capacidade de transformar um look seja para trabalhar ou para ir a uma festa. A primeira opção de uso, sendo a mais óbvia delas, é em um look mais formal, para um dia de trabalho no escritório, combinada com uma peça de alfaiataria, seja uma calça, ou uma saia-lápis, confere seriedade e elegância até mesmo nos dias mais quentes. Para um estilo mais descolado a camisa branca pode ser usada com as mangas dobradas combinada com um shorts curto e um maxicolar, outra possibilidade ainda é usá-la aberta fazendo uma combinação com um vestido ou regata colorida.

Outra vantagem que demonstra a versatilidade da peça está associada ao fato dela ser encontrada em diversos modelos. Para as mais românticas modelos que combinam babados rendas podem ser a aposta certa quando combinadas com cintos e laços que complementam o visual. As mais ousadas podem apostar nas camisas que trazem tecidos com texturas, o que confere um look mais para ser usado a noite a sua produção. Os ombros marcados e os apliques de estampas também fazem parte dos modelos que encontramos pelas lojas, outra boa pedida especialmente para o verão são as camisas mais largas e de tecidos leves, que conferem certa transparência a peça, conferindo um ar mais sexy a mulher.

É evidente então, que apesar de ser uma peça genuinamente pertencente ao guarda roupa masculino no guarda-roupa das mulheres não deixa a perder nada no quesito feminilidade. Portanto as fashionistas de plantão devem apostar nessa peça, que torna-se uma aliada ainda maior em uma estação como outono, já que trata-se de uma peça leve e fresca para os momentos mais ensolarados do dia, e uma proteção de mangas longas para os momentos mais frios. Quando for escolher sua camisa branca leve em consideração o seu estilo e aposte em uma opção que não sairá do seu guarda-roupa tão cedo.

A nova coleção de inverno da Dior

O site de notícias sobre FFW Fashion Forward foi à Paris conferir o showroom com a nova coleção de inverno 2012, criada pelo estilista inglês Bill Gaytten. Desta vez, a nova leva da grife está repleta de couro, material principal para a próxima estação.

É a segunda vez que Bill Gaytten cria uma coleção para a Dior.  Ainda mais em um ótimo momento da marca que está com as vendas em alta, lucro que vem aumentando a cada ano. A porta-voz da marca no Brasil, Heloísa Caraballo, definiou a Dior como “o guarda-roupa da mulher elegante”. Caraballo disse que a coleção foi inpirada em temas romântico, como o balé. E as paletas de cor da coleção giram em torno de tons de rosa, como o rosa bebê e o vintage, além de violeta, nude e um bege rosado.

A coleção foi feita principalmente para comemorar os 65 anos do “New Look”, lançado pela grife nos anos 50. Era um novo conceito de moda para a época, quando simplicidade com luxo foram unidos para compor o novo visual da mulher da época, ainda mais no período pós guerra.

Um dos destaques da coleção foi a famosa jaqueta “Bar” que foi revitalizada e veio acompanha de cintos de vinil para marcar a silhueta. A peça foi feita de couro, além das mangas serem feitas com tweed e zíper. A clássica bolsa da grife, a “Miss Dior”, de croco amarelho é outro destaque, além dos acessórios na mesma cor.

As saias vieram com um comprimento um pouco abaixo do joelho. Muitas possuem fendas ou barras transparentes, justamente para dar um ar mais sensual à peça, mas sem ultrapassar os limites, fazendo referência à moda antiga. Os paletós também ganharam detalhes que fizeram diferença. No caso, o estilista misturou tecidos como seda e neoprene em uma mesma peça. Também desenhou vestidos de cetim e saias de couro com a clássica fenda, só que feita de organza.

A coleção contou com muitos bordados feitos de pedrarias e paetês, sem perder a leveza no design das roupas e as estampas foram bordadas com fios feitos de couro. Esse foi o tecido chave para a coleção da Dior que também foi usado em tops drapeados para roupas de festa.

Este é um bom momento para a marca que após a saída de John Galliano, ano passado, foi assunto na mídia sobre quem seria o próximo diretor criativo. Até Marc Jacobs foi cogitado para o posto. Há muita novidade por vir este ano.

Fontes:

http://ffw.com.br

http://almanaque.folha.uol.com.br

www.puretrend.com.br

 

C&A e Maria Filó fecham parceria

A rede C&A firmou uma parceria com a marca carioca Maria Filó para lançar uma coleção especial para o inverno 2012. O lançamento foi em 15 de março e a maioria dos itens já está esgotada em todas as lojas C&A, que organizou um brunch para jornalistas e convidados em sua loja no Shopping Iguatemi, na capital paulista.

A coleção tem 60 itens incluindo saias curtas e longas, além de cardigans, vestidos e camisas. A paleta de cores da coleção é composta por tons de pastel, como caramelo, nude, off white e o rosa bebê. Quanto aos materiais, o couro, lurex e o tricô foram os mais usados. A renda também não ficou de fora e deu charme as peças. Já os acessórios incluíam sapatos Oxford, além de bolsas na cor marrom escuro, e peças com estampas de onça. Destaque para dois tênis da marca Converse que foram desenvolvidos exclusivamente para a parceria.

O lançamento recebeu várias clientes interessadas em comprar uma das 60 peças desenvolvidas junto com a Maria Filó. A estilista da marca carioca Roberta Ribeiro contou ao site FFW Fashion Forward, sobre notícias de moda, que eles se inspiraram nos melhores itens da grife carioca. Segundo ela, eles foram reformulados e ganharam alguns toques mais atuais em termos de tecidos, cores e estampas.

Sobre o convite da C&A para firmar uma parceria, Roberta disse que todos ficaram muito contentes. “Foi um reconhecimento da marca, ficamos muito felizes e desenvolvemos tudo em mais ou menos um mês.” A estilista contou que eles escolheram materiais que tinham mais a cara da Maria Filó, ma sempre alinhada ao estilo da C&A.

A coleção especial foi um sucesso tanto que a maioria das peças esgotou em menos de uma semana. Mas essa não foi a primeira vez que a C&A firmou uma parceria. Em março do ano passado eles firmaram uma parceria com a estilista inglesa Stella McCartney. Ela desenvolveu uma coleção especial com cerca de 30 peças, muitas feitas com material reciclável e algodão orgânico.

Ela foi a primeira estilista estrangeira a assinar uma coleção da rede C&A. A inglesa sempre seguiu uma linha ecológica em seu trabalho, influência de sua mãe Linda McCartney que foi ativista, como também sempre criticou o uso de peles de animal na moda. A coleção foi um sucesso tremendo, afinal foi novidade a C&A firmar parceria com uma estilista estrangeira. Seu trabalho foi muito elogiado pelas clientes da rede.