Looks de Ano Novo

Vestidinhos brancos para o Ano Novo
Vestidinhos brancos para o Ano Novo

As festas de fim de ano estão chegando e com elas, a dúvida cruel: o que vestir na virada do ano? As vitrines parecem se lembrar apenas dos vestidinhos brancos, que são uma graça, mas já estão meio batidos. Para fugir do óbvio e se desapegar do look totalmente branco, separamos algumas dicas para você arrasar no réveillon sem abrir mão das cores no visual e na maquiagem!

Outras nuances  – O branco simboliza a paz e a harmonia entre os povos, dizem que traz boas vibrações,mas já parou para pensar que existem outras nuances claras na palheta de cores? O gelo, o nude, o bege, o salmão. São chiquérrimos e podem ser usados com cor única sem pesar no visual. Se você optou por um vestido clarinho, invista em um bom cinto ou colar. Os brincos de pedra também são muito bem vindos nesse caso. Se você vai passar a virada do ano na praia, combine seu vestidinho com uma rasteira estilosa. Se vai passar em algum cenário urbano, prefira uma sandália alta. Nesta hora, vale abusar do prata e do dourado.

Quebrando o visual – Muitos looks de branco acabam ficando apagados por falta de toques de cores. Por isso, se a sua composição é inteiramente branca, tenha sempre disponível um bom maxi colar, pulseiras diversas e brincos maiores. Se não quiser pesar muito nas bijuterias, use um lenço estampado no pescoço ou amarrado na cintura, está super em alta. Ou ainda, aposte na sandália e na bolsa. As carteiras envelope estão com tudo. Tenha sempre uma em mãos.

Decotes e Babados – Para quebrar o tradicional, aposte em um bom decote, ou em um vestido frente única de tecido leve. Cortes geométricos são bastante sofisticados e aparecem bastante no tapete vermelho. As sobreposições de tecidos também são uma boa na hora de sair do básico. Os babados e aplicações são mais adequados para as mais magrinhas. Se você tem pouco busto, evite decotes redondos . Rendas e bordados estão com tudo novamente, mas cuidado para não exagerar. Se o vestido tiver mangas de renda, não é adequado que tenha na barra e no decote também. É preciso saber dosar.

Fugindo do vestido – Concordo que um vestido de festa pode deixar a mulher ultra elegante, mas pense em uma festa onde a maioria está usando esta peça? Se você quer se destacar e fugir  do padrão, invista em uma boa camisa de alfaiataria de cor clara aliada á uma calça de couro ou um short de tecido. Fica super chique. Um sapato peep toe e um colar comprido arremata o visual.

Leia também:

Foto: bloggirlpop.blogspot.com

Como se vestir na moda homeless?

Miley Cyrus levando roupas estilo homeless
Miley Cyrus levando roupas estilo homeless
Moda é um fenômeno engraçado. Existem pessoas que apreciam a ideia de utilizar roupas feitas com estruturas e alto poder de elaboração. Porém, outros perfis preferem o estilo mais descolado que antes de tudo é confortável ao corpo. Homeless também é conhecida como roupas no “estilo mendigo”, textura nova com imagem suja mesmo estando limpa. Conheça o significado da moda homeless e aprenda alguns conselhos sobre como ser vestir desta maneira.

Quando surgiu a moda homeless?

Grande parte dos especialistas de moda afirma que esta onda começou no início dos anos noventa, em plena época na qual o grunge esteve na moda. Uma grande personalidade da música que não dispensava este visual, e que de certa forma representa um ícone no estilo, foi Kurt Cobain.

Após duas décadas a moda homeless volta com traços diferenciados, embora a essência da peça tenha o mesmo significado, confortar o corpo e surpreender as pessoas que estão ao redor pelo traje em alto estilo alternativo. Na atualidade a moda chegou para ser preferida entre os fashionistas.

Em muitos sites especializados o termo está relacionado com vestuário no estilo mendigo. Roupas largas, resgadas, furadas, cortas, todas com a imagem “suja”. De qualquer maneira, de forma básica se trata de tendência com visual high-low, sendo LOW palavra que designa as peças menos trabalhadas e mais baratas no mercado tradicional – sem dúvidas o principal componente deste estilo.

Estilo Homeless

Em tese não se fica vestido como, mas sim no estilo mendigo, o que são duas coisas diferentes. Para as ruas, o mais indicado é brincar com o estilo homeless de forma a levar apenas algumas peças trabalhadas nesse estilo mais empobrecido. Tem tudo para ser a nova onda fashion da próxima temporada.

Mulheres possuem a vantagem das meias calças ou mesmo dos tipos “três quartos” para deixarem o look com maior nível de estilo, desde que esteja totalmente trabalhada nos furos. Para a imagem ainda mais interessante, invista em peças de cor cinza ou bege.

Sobreponha: A sobreposição é uma das marcas da moda de “mendigo”, pois os moradores de rua acabam sempre usando várias roupas uma sobre a outra para se proteger do frio. Nesse caso, a ideia é fazer esse visual sobreposto e de preferência com peças mais largas.

Calças jeans são as mais utilizadas no visual homeless. Para isso, basta que você rasgue as peças, faça novas lavagens e detone neste visual indicado em grosso modo aos adolescentes.

Foto: monkeybusiness-tech.blogspot.com

Como usar calças estampadas?

Dicas para usar calças estampadas
Dicas para usar calças estampadas

Muitas pessoas encaram como um grande desafio utilizar calças estampadas e ao mesmo tempo ficar na moda de forma impecável. Nesta peça, quando existe exagero, o brilho da imagem do vestuário fica desfocado, enquanto que poucas imagens podem deixar o visual convencional. Confira algumas dicas para usar calças estampadas.

Regra do Contraponto: Considerada como uma das principais quando o assunto é combinação de estampas. Varie a parte de cima com a de baixo, ou seja, se a blusa for de tonalidade lisa o conselho fica ao uso de calças estampadas.

Por outro lado, quando as blusas são estampadas se exige uso de calças lisas. Desta maneira os olhos em volta não ficam confusos com o excesso de informação do vestuário.

Estampas com Grafismo: Este tipo de moda chegou ao Brasil no início do século XXI e até os dias de hoje é utilizado por muitas mulheres fashion que ambicionam acima da tudo ampliar o visual street. Estão presentes não somente nas calças como também em outros tipos de peças femininas.

Usabilidade

Interessante notar que as calças com estampas com grafismos são ideais para serem usadas em períodos matinais ou noturno. Conhecidos pela facilidade de colocar e retirar de dentro do corpo.

Uma característica peculiar do modelo está nos símbolos geométricos. Podem estar em diversos formatos distintos: Quadrados, triângulos, círculos, bolinhas e até mesmo todas as opções juntas. As criativas combinações formam desenhos com traços conhecidos.

Uma boa dica para utilizar este tipo de peça é durante o trabalho. Além de não serem vulgares, trazem tecidos leves que combinam de forma perfeita com outras roupas sociais. São combináveis ainda com regatas, principalmente quando acontece o uso da peça junto com tecidos em malhas.

A pior dica neste tipo de discussão está no uso das blusas e calças com estampas diferentes ao mesmo tempo por provocar uma imagem no mínimo cômica, independente do estilo ou perfil de moda de cada um.

Uma vez que estes modelos chamam a atenção de forma considerável é necessário optar por sapatos mais discretos, caso de scarpin liso ou do peep toe. Ficam bem inclusive com saltos, ou mesmo em sapatilhas.

Na atualidade as calças com animal print estão altamente na moda, principalmente as que possuem formatos de tigresa e onças. Um bom conselho está no uso de alguma camiseta com a mesma cor do fundo na peça.

Não tem como errar! Digamos que a calça tem pintas pretas com fundo rosa – neste sentido – escolha rosa também na parte de cima.

Foto: frenesidemenina.blogspot.com