Semana de Moda de Milão

Semana Moda Milão

A Semana de Moda de Milão deu continuidade ao calendário de moda internacional. O evento, que aconteceu na semana de 21 de setembro no Palazzo del Giureconsulti, contou com 72 desfiles das principais marcas como Versace, Marni e Emilio Pucci. As grifes apresentaram suas coleções para o próximo verão 2012 e do que é feito do melhor pelas marcas italianas.

Versace

O desfile deu continuidade ao trabalho impecável que sempre apresentou nos últimos anos. Versace apresentou uma coleção estilo rocker, utilizando estamparias nas peças, principalmente imagens marinhas como peixes, sereias e cavalos marinhos.

Os shorts vieram com formas arrendondadas e com camisetas curtas sob jaquetas de motocicletas. As vezes o clima era nostálgico, relembrando os anos 50 e 60 com as saias longas abaixo do joelho e com blusas maiores e comportadas. Estampas geométricas também fizeram parte das peças da grife que focou inclusive na alfaiataria.

Donatelle Versace realmente entrou em um clima mais rock n’ roll na hora de fazer a coleção veraneio da marca. A combinação deu certo e em nenhum momento o trabalho deixou de ser menos glamouroso. Confira as fotos do desfile.

Emilio Pucci

O desfile de Emilio Pucci seguiu a mesma linha da Versace: um veraneio rocker. Mas a marca, que apostou na barriguinha de fora, adotou também um estilo mais cigano para a coleção. O estilista Peter Dundas que foi o responsável pela coleção verão 2012.

Ele utilizou muitas transparências e rendas nos desfile, com estampas e motivos étnicos e latino-americanos. O clima lembrava muito os anos 70 com as saias longas, batas e tops. Peças de tecidos leves foram transformadas em alfaiataria, combinando com outras lisas ou estampadas.

A coleção de Emilio Pucci foi uma mistura de temas ciganos e rocker, muito visto  na Semana de Moda de Milão, buscando o sex appeal através das barrigas de fora e pelo uso constante de transparência. Até que as combinações deram certo e o desfile ficou harmonioso.

Marni

A estilista Consuelo Castiglioni apostou em estampas e sobreposições para a coleção de verão da marca. Silhuetas bem definidas e combinações de estampas e texturas foram o ponto principal do desfile.

Listras, temas quadriculados e circulares, margaridas e mix de peças com tamanhos diferentes também foram usados pela grife italiana. Essa combinação inusitada de estampas e de peças sobrepostas são a marca registrada de Marni. Sempre baseada em um estilo geométrico, a grife busca pela originalidade, com bom humor, na confeccção de suas roupas.

Confira alguns dos visuais apresentados no evento.

Foto Semana Moda Milão: labiondinabcn.com/

Chanel foi o grande destaque da temporada de moda francesa

Um dos modelos Channel mostrados na semana da moda Paris

O estilista Karl Lagerfeld é o responsável pelas maravilhosas criações da Chanel. Em setembro, mais uma vez seu trabalho se mostrou original e a altura da grife na Semana de Moda, em Paris.

O clima do desfile era áquatico. O cenário da Chanel era perfeito. Não há palavra que possa definir melhor a decoração do desfile da grife. O amplo salão no Grand Palais, em Paris, onde a marca sempre lança suas coleções, tinha uma passarela e fundo todos brancos, com bolhas enormes, além de decorações simulando algas, cavalos marinhos, estrelas do mar e conchas em tamanhos grandes.

Era quase um sonho assistir ao desfile. A temática deixou o público entrar no clima, já que o piso era de areia. E para compor o fundo musical, a britânica Florence Welch dava uma batida pop ao desfile.

O tema seguia a linha da coleção. Com ar jovem misturado com elementos clássicos, os vestidos brancos com cortes retos, além do uso de babados e bordados  fizeram parte das peças.

A coleção trouxe looks da alta costura, mas também não deixou de lado visuais mais simples, como saias de cintura baixa, o tricô com um bordado geométrico e preto, ou os vestidos de paetês que lembravam escamas de peixe, remetendo ao tema aquático.

O cenário branco, todo clean, ajudou a compor o desfile. E destaque as modelos que tinham nas costas pérolas aplicadas, acompanhando a linha da coluna vertebral. Elas também serviram como decoração para acessórios, grampos de cabelo e peças.

As saias e vestidos foram feitos com camadas de chiffon nas cores coral, verde e azul. O design lembrava o movimento de algas e os bordados as escamas. Os tecidos nacarados faziam referência ao interior das conchas enquanto a textura lembrava a estrela do mar.

O clássico casaco da Chanel ganhou novas versões, com formatos diferentes. Alguns longos e outros curtos, lembrando blusas eram exibidos nas passarelas. O tailleur branco era composto por peças com cortes geométricos, com linhas pretas sobre o tecido claro. O acabamento estava impecável.

Os acessórios da coleção também deram um show. As botas prateadas de cano e salto baixo foram os grandes destaques. As bolsas em forma de concha também chamaram a atenção.

A plateia ficou ‘submersa’ na maravilhosa coleção da Chanel. A decoração também ajudou e muito para compor o cenário que a grie queria. O desfile realmente parecia um sonho debaixo d’água.

Confira as fotos do desfile!

Foto: http://siglomoda.blogspot.com/

Brasileira Nadine Ponce é a nova “queridinha” da Prada

Nadine Ponce apresentou a coleção Verão 2012 da Prada em Milão

A mais nova novidade da Prada é a escolha da modelo brasileira Nadine Ponce, que desfilou pela grife na Semana de Moda, em Milão. Aos 18 anos, Nadine foi escalada para fazer parte do casting da marca.

Reza a lenda de quem faz parte dos desfile da Prada, tem um futuro promissor como modelo. Os reponsáveis pela escolha foram o diretor de casting Russel Marshall e Miuccia Prada, a dona da marca.

No Brasil, Nadine fez desfiles e editoriais no Fashion Rio e para marcas como Lenny, Maria Bonita Extra, Cantão, Tufi Duek, Movimento e Herchovitch. A sua participação na Padra marca a sua primeira temporada internacional

A modelo, nascida em São Paulo, é filha de pai alemão. Nadine nunca imaginou levar a serio a carreira de modelo. Sua estreia na área foi no São Paulo Fashion Week Inverno 2011, quando foi selecionada para desfilar para marcas como Animale, Cavalera, Cori e Gloria Coelho.

Em entrevista para o site FFW, Nadine contou um pouco sobre como conseguiu o trabalho na Prada, e como foi apadrinhada por Russel Marshall. “ (Foi) em um casting em Londres, antes da temporada. Ele gostou de mim e através dele eu fiz vários desfiles bons lá, como Christopher Kane, Jonathan Saunders e Acquascutum”, disse.

Depois a brasileira foi para Milão fazer os testes na Prada. “(…) me pediram para voltar no dia seguinte. Tinha umas quinze meninas lá e ficamos esperando o dia inteiro. Daí eles iam cortando, cortando, e ficavam cada vez menos meninas. Tava com muito medo, morri e ressuscitei umas oito vezes naquele dia”, contou.

Nadine também confessou que nunca ligou para moda. “Odeio falar isso, mas nunca liguei pra moda, pra marca, pra designer… Sempre tive minhas grifes preferidas, tipo Calvin Klein e Ralph Lauren. Sempre gostei de revista, maquiagem, mas nunca fui fã do mundo da moda.”

O desfila da Prada

A coleção Verão 2012 da grife definitivamente seguiu uma linha bem feminina.  Rendas, bordados florais, saia rodada, tecidos com furinhos, além da famosa barriga de fora fizeram parte do fesfile.

Apesar da coleção estar mais comportada do que a do ano passado, as tendências por parte da Prada têm como base um visual do estilo anos 50. Miuccia queria falar sobre carros e mulheres, mas sem usar clichê e buscando um lado feminino. Com isso veio o uso de estampas de carros com labaredas sobre vestidos plissados e jaquetas estilo mecânico de tecidos brilhantes e bordados florais. Ficou uma combinação bem feita!

Foto Nadine Ponce: yayfeelings.blogspot.com/