Modelos se unem contra abusos no meio

Sara Ziff divulgou normas para evitar abusos contra as modelos

A ex-modelo Sara Ziff, fundadora do projeto The Model Alliance, aproveitou as vésperas da Semana de Moda em Nova York lançar o Model Alliance e também para divulgar algumas normas e objetivos criados para evitar abusos contra as modelos. Em um evento realizado no The Standard Hotel, celebridades, como a modelo Coco Rocha, compareceram para dar apoio a ação.

O projeto foi criada por Sara, em 2011,e lançado este mês justamente para defender as melhores condições de trabalho na indústria da moda e evitar abusos com modelos, desmistificando a vida glamourusa que há no meio. Sara também é a co-realizadora do documentário Picture Me sobre os bastidores da vida das tops.

A diretora do Fashion Law Institute, da Universidade de Direito de Fordham, Susan Sacfidi, e a escritora de moda e ex-modelo, Jenna Sauers também foram ao evento no Standard Hotel. Jenna será a editora do site. Ela defende que as modelos devem estar organizadas, justamente para lutarem por seus direitos. “As modelos não são as pessoas em que se pensa quando falamos de abuso de menores ou más condições de trabalho”, disse à imprensa. As tops Coco Rocha, Jessica Clark e Zach Zimmerman também estiveram presentes.

A preocupação por uma melhora na profissão e a luta por padrões mais éticos se tornaram um dos principais assuntos no mundo da moda, nas últimas semanas. A ação promovida pelo Model Alliance busca dar mais cuidados a saúde das modelos, combater o assédio sexual, criar um código de conduta para os castings, desfiles e ensaios fotográficos, além de combater também o trabalho infantil, como também reivindicar uma transparência financeira.

O objetivo do projeto é também dar apoio a jovens que começaram a carreira muito cedo e que estão vivendo situações de abuso. Confira aqui o vídeo sobre a ação. O site disponibiliza toda uma legislação sobre  profissão, que está disponível ao público, além de ter fóruns de discussão e uma parte com notícias sobre o tema.

Essas reinvidicações também são compartilhadas pelo CFDA (Conselho de Designer Americanos), presidido por Diane von Furstenberg, que criou o The Health Institute. A instituição tem por objetivo fiscalizar os bastidores de grandes desfiles para ver se há irregularidades, como excesso de hora de trabalho, idades das modelos, etc.

O CFDA se juntou ao Model Alliance para promover essas ações não só para concientizar o público, mas para por em prática essa fiscalização, além do apoio aos jovens. Eles também têm uma parceria para retirar os fotógrafos dos camarins durante os desfiles, quando ocorre as trocas de roupa, para proteger as imagens das modelos.

Foto Sara Ziff: modelalliance.org

Autor: Mariana Valle

Blogger na rede The Diktyo SL.Cursando Comunicação Social - Jornalismo na UFRJ.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *