Como utilizar couro no verão?

É possível utilizar couro no verão
É possível utilizar couro no verão

Está ai um dos grandes paradigmas da moda. Será que é possível misturar o peso do couro com a necessidade de leveza do verão, principalmente no Brasil onde as temperaturas são quentes de forma excessiva inclusive no inverno.  Especialistas entram em convergência ao afirmar que existe possibilidade de fazer este tipo de combinação. Conheças algumas dicas úteis para combinar couro com o verão sem fazer feio na passarela.

Bom senso: O importante é não exagerar para que o corpo não fique com calor e por consequência suscetível para as mais variadas doenças. Sem contar o grande mico no qual se pode passar por conta da falta de senso. Tenha em mente que chamar a atenção com efeito contrário traz diversos tipos de reveses à moral. As pessoas podem imaginar “o que esta pessoa está fazendo com uma jaqueta composta somente por couro em um verão de quase quarenta graus”. Para evitar este tipo de pensamento é necessário ser coerente!

Sintéticos: Os modelos sintéticos são mais baratos e socialmente aceitáveis de acordo com os conceitos do desenvolvimento sustentável. As unidades com cem por cento de couro são pesadas e esquentam demais, sendo indicado apenas às temperaturas frias. Por outro lado, o couro sintético é utilizando em diversos verões ao redor do mundo, principalmente na Europa.

Cinto de couro: Você pode arrasar no visual colocando um cinto de couro por volta da saia personalizada ou com cores lisas. Com as pernas de fora as mulheres não devem sentir calor e ao mesmo tempo ficam com o estilo admirável.

Jaquetas de couro: As jaquetas precisam ser curtas, sem golas e bem cinturadas. Saias curtíssimas com vestidos sem manga também pode combinar com este tipo de material. Interessante notar ainda que existem peças com pouca parte composta por couro, fator que deixa a roupa perfeita ao uso durante as temperaturas mais quentes. Um toque de couro pode deixar o visual fashion e confortável ao mesmo tempo.

Quando se pensa em couro uma das primeiras peças que surgem na mente são as jaquetas, pensamento que de certa forma acaba limitando o pensamento. É claro, que você pode ter dentro do seu guarda-roupa muito mais que um casaco. Pode ter saia, calça, vestido, short e até blusa de couro. Então, crie uma produção e arrase no verão. Até porque o couro nunca sai de moda, principalmente para quem tem personalidade e sabe buscar o look certo.

Foto: le-dramatique.blogspot.com

Como se vestir na moda homeless?

Miley Cyrus levando roupas estilo homeless
Miley Cyrus levando roupas estilo homeless
Moda é um fenômeno engraçado. Existem pessoas que apreciam a ideia de utilizar roupas feitas com estruturas e alto poder de elaboração. Porém, outros perfis preferem o estilo mais descolado que antes de tudo é confortável ao corpo. Homeless também é conhecida como roupas no “estilo mendigo”, textura nova com imagem suja mesmo estando limpa. Conheça o significado da moda homeless e aprenda alguns conselhos sobre como ser vestir desta maneira.

Quando surgiu a moda homeless?

Grande parte dos especialistas de moda afirma que esta onda começou no início dos anos noventa, em plena época na qual o grunge esteve na moda. Uma grande personalidade da música que não dispensava este visual, e que de certa forma representa um ícone no estilo, foi Kurt Cobain.

Após duas décadas a moda homeless volta com traços diferenciados, embora a essência da peça tenha o mesmo significado, confortar o corpo e surpreender as pessoas que estão ao redor pelo traje em alto estilo alternativo. Na atualidade a moda chegou para ser preferida entre os fashionistas.

Em muitos sites especializados o termo está relacionado com vestuário no estilo mendigo. Roupas largas, resgadas, furadas, cortas, todas com a imagem “suja”. De qualquer maneira, de forma básica se trata de tendência com visual high-low, sendo LOW palavra que designa as peças menos trabalhadas e mais baratas no mercado tradicional – sem dúvidas o principal componente deste estilo.

Estilo Homeless

Em tese não se fica vestido como, mas sim no estilo mendigo, o que são duas coisas diferentes. Para as ruas, o mais indicado é brincar com o estilo homeless de forma a levar apenas algumas peças trabalhadas nesse estilo mais empobrecido. Tem tudo para ser a nova onda fashion da próxima temporada.

Mulheres possuem a vantagem das meias calças ou mesmo dos tipos “três quartos” para deixarem o look com maior nível de estilo, desde que esteja totalmente trabalhada nos furos. Para a imagem ainda mais interessante, invista em peças de cor cinza ou bege.

Sobreponha: A sobreposição é uma das marcas da moda de “mendigo”, pois os moradores de rua acabam sempre usando várias roupas uma sobre a outra para se proteger do frio. Nesse caso, a ideia é fazer esse visual sobreposto e de preferência com peças mais largas.

Calças jeans são as mais utilizadas no visual homeless. Para isso, basta que você rasgue as peças, faça novas lavagens e detone neste visual indicado em grosso modo aos adolescentes.

Foto: monkeybusiness-tech.blogspot.com

Como usar calças estampadas?

Dicas para usar calças estampadas
Dicas para usar calças estampadas

Muitas pessoas encaram como um grande desafio utilizar calças estampadas e ao mesmo tempo ficar na moda de forma impecável. Nesta peça, quando existe exagero, o brilho da imagem do vestuário fica desfocado, enquanto que poucas imagens podem deixar o visual convencional. Confira algumas dicas para usar calças estampadas.

Regra do Contraponto: Considerada como uma das principais quando o assunto é combinação de estampas. Varie a parte de cima com a de baixo, ou seja, se a blusa for de tonalidade lisa o conselho fica ao uso de calças estampadas.

Por outro lado, quando as blusas são estampadas se exige uso de calças lisas. Desta maneira os olhos em volta não ficam confusos com o excesso de informação do vestuário.

Estampas com Grafismo: Este tipo de moda chegou ao Brasil no início do século XXI e até os dias de hoje é utilizado por muitas mulheres fashion que ambicionam acima da tudo ampliar o visual street. Estão presentes não somente nas calças como também em outros tipos de peças femininas.

Usabilidade

Interessante notar que as calças com estampas com grafismos são ideais para serem usadas em períodos matinais ou noturno. Conhecidos pela facilidade de colocar e retirar de dentro do corpo.

Uma característica peculiar do modelo está nos símbolos geométricos. Podem estar em diversos formatos distintos: Quadrados, triângulos, círculos, bolinhas e até mesmo todas as opções juntas. As criativas combinações formam desenhos com traços conhecidos.

Uma boa dica para utilizar este tipo de peça é durante o trabalho. Além de não serem vulgares, trazem tecidos leves que combinam de forma perfeita com outras roupas sociais. São combináveis ainda com regatas, principalmente quando acontece o uso da peça junto com tecidos em malhas.

A pior dica neste tipo de discussão está no uso das blusas e calças com estampas diferentes ao mesmo tempo por provocar uma imagem no mínimo cômica, independente do estilo ou perfil de moda de cada um.

Uma vez que estes modelos chamam a atenção de forma considerável é necessário optar por sapatos mais discretos, caso de scarpin liso ou do peep toe. Ficam bem inclusive com saltos, ou mesmo em sapatilhas.

Na atualidade as calças com animal print estão altamente na moda, principalmente as que possuem formatos de tigresa e onças. Um bom conselho está no uso de alguma camiseta com a mesma cor do fundo na peça.

Não tem como errar! Digamos que a calça tem pintas pretas com fundo rosa – neste sentido – escolha rosa também na parte de cima.

Foto: frenesidemenina.blogspot.com