Karl Lagerfeld é fotografado dentro de supermercado para editorial de moda

O estilista da Chanel, Karl Lagerfeld, foi fotografo dentro de um supermercado para a revista Elle, da edição francesa. O estilista foi notícia ao dizer que nunca tinha ido ao mercado surpreendendo o público.

Mesmo com a declaração polêmica, o alemão disse à revista que é maravilhoso entrar num estabelecimento desse tipo. “É incrível, fascinante o que se pode comprar lá. Aqui há o suficiente para ganhar 20 kg com facilidade.” Aos 80 anos, ele também contou nunca ter ido ao banco, shopping ou a uma lavanderia. Além disso, ele não dirige desde os 18 anos. O estilista brincou ao dizer que “faz um favor à sociedade” por ficar longe do volante, pois a última vez que pegou o carro, ele caiu em uma vala.

Na casa dos 80 anos, Karl Lagerfeld é considerado um dos grandes nomes da moda. Ele possui uma longa trajetória não só como estilista, mas como fotógrafo, ilustrador, editor, empresário e até colunista político. Ele é sempre convidado para alguma colaboração com outras grifes ou mesmo em outras áreas, e sua energia parece não acabar.

Ele é o responsável pela direção criativa da Chanel há 28 anos e também trabalhou para grandes marcas com Chloé, Balmain e Fendi. Ele chegou a lançar acessórios, roupas e perfumes sob o seu nome para ter uma linha de produtos mais acessível ao público. Outro trabalho que contou com preços menores foi sua parceria para a loja H&M. Além disso, ele já fechou parcerias com a Coca-Cola, quando desenhou as garrafas para a marca, e desenvolveu uma coleção de sapatos para a Hogan.

O estilista também é muito versátil. Ele é o colunista semanal da revista Elle, edição francesa. Ele faz ilustrações políticas sobre as eleições presidenciais do país. A sua colaboração dura até final de abril. Além disso, ele teve uma participação especial no jornal Metro, como editor-chefe, como também escreveu textos opinativos na publicação.

Desempenhar diversas funções não é só o seu ponto forte. O alemão ainda tem tempo para atualizar sua página no Facebook. Inclusive ele lançou este ano seu novo site Karl, voltado para sua linha roupas de mesmo nome. Há até uma seção chamada “The World of Karl”, onde ele escreve sobre sua vida e até compartilha alguns pensamentos com seus fãs e seguidores.

Saiba mais sobre a Chanel no Moda e Luxo. Confira quando Alice Dellal foi escolhida como a nova garota-propaganda da marca.

Cris Barros celebra 10 anos de sua marca

A estilista Cris Barros comemorou os 10 anos da sua marca homônima, em março, fazendo um desfile no Hotel Unique, na capital Paulista. A estilista mostrou a plateia a próxima coleção de inverno 2012 da marca, que já chegou às lojas. Antes ela já tinha feito um preview da coleção só para convidados no início do ano.

Grandes modelos como Mariana Fassarella, Alicia Kuczman e Marcelia Freez, rosto da nova campanha da marca, foram as grandes presenças na passarela. Cris Barros se inspirou na fotógrafa britânica Corinne Day para fazer os looks. Corinne ficou muito conhecida ao fotografar Kate Moss  para a capa da revista The Face, que virou ícone no da moda a partir dos anos 90.

A estilista decidiu fazer uma coleção inspirada nela quando estava em Londres. “Tinham me falado de uma mostra da Corinne Day em Londres, quando eu estava lá”, contou ao site FFW Fashion Forward. “Acho que ela realmente revolucionou a estética da década de 90, olhando mais pra coisa natural mesmo”, disse apaixonada pela exposição.

Cris Barros trabalhou muito com antagonismo na coleção. Sensualidade com naturalidade, orgânico e estruturando, além texturas e transparências nas roupas. Grande parte das peças era monocromática, mas muitas vezes brilhantes. Muitas roupas contaram com detalhes de uma cor mais forte como roxo e verde, além de sapatos vermelhos para quebrar com a paleta de cor monocromática. A estilista também apostou nas saias de couro para a próxima estação, além das calças boca de sino.

A variedade de tecidos e texturas na coleção era grande. Cris Barros usou também muito chiffon e seda metálico, além disso ela incluiu plissados em algumas peças. Roupas de alfaiataria e veludo são também algumas das apostas da marca para a estação.

Já a maquiagem foi bem clean e simples. Quem foi o responsável por essa parte foi Daniel Hernandez. Ele usou mais blush rosado e gloss nas modelos para prezar um ar mais natural. E o desfile contou com um trilha sonora só com as músicas do Nirvana.

No final, Cris Barros entrou na passarela junto com sua irmã Dani Verdi e seu marido Luiz Felipe Verde. Os dois foram responsáveis pera coordenação geral do desfile que terminou em clima de festa com confete prata, além de muitos aplausos da plateia, tudo ao som de Adele com a música “Rolling in the Deep”.

Em entrevista ao site de moda FFW Fashion Forward, Criss Barros disse que vai comemorar o ano inteiro os 10 anos de sua marca. “Nesta coleção temos essa camiseta de bolo, que é comemorativa, e temos também toda a parte de embalagens, sacolas, tudo com o símbolo dos 10 anos”, contou. A estilista até fez um baralho com imagens da campanha.

Confira como foi a última coleção de verão da Cris Barros.

Fonte:
http://ffw.com.br/

O backstage de Prada da Semana de Moda de Milão

Desfile da coleção de Prada em Milão

Ter acesso aos bastidores do desfile de uma das maiores grifes do mundo é um privilégio. O site especializado em moda, FFW, conferiu o backstage da Prada durante a Semana de Moda de Milão com a sua mais nova coleção outono/inverno 2013.

Nos holofotes de uma das temporadas de moda mais famosas do mundo, em Milão, a Prada abriu as portas dos seus bastitores para ser conferido a sua mais nova coleção de inverno. O site FFW foi ao showroom da marca, na via Fogazzaro, e viu algumas das últimas peças feitas e num clima vanguardista. Com modelagens e materiais mais ousados e tudo sem perder o fio da meada. Afinal, toda coleção da Prada tem uma história por detrás. Miuccia Prada, a diretora criativa, não tira do nada suas ideias. Uma das estilistas mais geniais de sua geração, Miuccia gosta é de sempre inovar. Tanto que todo desfile é uma surpresa.

A grife italiana não deixou de lado as suas raízes o uso de materiais de alta qualidade em suas peças. O jacquard, tricotine e a pelliccia (de pêlos) foram os mais usados na coleção. São materiais que combinam muito com criações no estilo alfaiataria. São macios e leves. O jacquard, por exemplo, possui uma textura mais dura, ótimo para ser usado em peças mais vintage. Já o tricotine é um material mais leve, muito usado em peças que dão movimento à roupa. E a pellicia é mais usada em casacos e não perdendo o lado da alfaiataria que a grife gosta de seguir, ainda mais em uma coleção para o inverno.

O que há de novidade esta vez foi o uso de fraque nos looks. Ele aparece como um peça importante na coleção, junto com saias e vestidos, deixando de ser um acessório exclusivamente masculino. As modelagens estão com formas mais geométricas, com cortes triangulares nas peças como coletes e saias, além de ternos mais estruturados. Os ombos estão mais definidos e não com um volume maior.

Destaque também para a aplicação de materiais acrílicos, como o plexiglass nas roupas. Parecem joias e dão um ar mais chique às combinações. Eles foram costurados entorno de desenhos e estampas. Foi um dos pontos altos da coleção. Confira como foi o desfile.

A Prada é uma referência na moda italiana e principalmente mundial. Ela é conhecida por suas roupas de alta qualidade e costura. Os looks que aparecem nas passarelas sempre chegam as lojas e na maioria das vezes não possuem aquele ar de que não ver usados nas ruas, mas estarão restritos às passarelas e editoriais de moda. Apesar de ser grife, Prada tem seu público fiel e uma legião de fãs.

Foto: FFW.com