Jeans: Democrático e Indispensável

Os jeans são indispensáveis

Completando cento e cinquenta anos,o jeans resistiu ás transformações que a ideia de estilo e moda sofreram e é ícone da revolução dos jovens de várias gerações. A cada nova estação,ele surge repaginado e segue como um dos ítens mais coringade todos os tempos.

A calça jeans começou a influenciar o comportamento dos jovens ao se transformar em símbolo de rebeldia. James Dean, que arrancava suspiros com seu jeans, camiseta branca e jaqueta de couro no filme Juventude Transviada, em 1955 e a Marlon Brando, com as barras viradas para cima e botas de motoqueiro em ‘O Selvagem’, em 1953. Elvis Presley tornou o denim e o rock and roll inseparáveis ao mostrar seu rebolado em ‘Jailhouse Rock’ com seu eterno jeans escuro.

Enquanto BeatlesBob Dylan e a Jovem Guarda enlouqueciam os fans, o jeans seguia como peça chave no visual da vanguarda. Em tempos de paz e amor, surge o modelo boca de sino e a cintura saint tropez, hits do movimento hippie.

Neste inverno, as tendências apontam para peças jeans com pegada rock and roll,tons de azul escuro e um visual mais rústico. Nenhuma novidade, já que esta tendência fez a cabeça de homens e mulheres na década de vinte.

Para o jeanswear feminino, as propostas chegam com inserção de fibrasrayon e cashmere que são de origem natural, dando uma textura mais macia ao jeans. O jeans ‘destruidinho’ também terá espaço nesta temporada, porém com aplicações de tachinha e buttons de metal. A técnica de tingimento garment dye que conferem um tom de azul mais escuro e lustroso,  já compõem o lookbook de diversas marcas.

Outra tendência que virá com força total é o ecojeans. São confeccionados com materiais reaproveitáveis e peças antigas e gastas. A idéia é montar peças com aparência ‘destroyed‘ mas sem perder a resistência e a qualidade que o jeans proporciona. A produção de baixo impacto ambiental garante também preços menores e maior conforto.

Os shorts jeans continuam em alta e  são uma ótima opção pela praticidade. Lavagem stone washed,barra desfiada e pontos lixados são as novidades dos shorts desta estação. Estampas florais e animal print também terão seu espaço.Shorts de cintura alta também continuam valendo. Aposte sempre nestas peças para passeios diurnos.Combinados com peças mais soltas formam o contraponto ideal.Os modelos boyfriends,mais largos na frente, precisam ser usados com cuidado para não destacar gordurinhas a mais. Combine sempre com uma regata justinha ou blusas acinturadas.

As jaquetas são um capítulo a parte. Elas podem fazer a diferença em um look básico. Quer andar com um visual mais despojado?Aposte em uma jaquetinha com botões largos combinados com um mocassim ‘it’ da estação. Os buttons também são válidos. Eles podem transformar uma jaqueta reta em uma peça rock and roll. Basta usar a criatividade e não ter medo de ousar.

Leia mais
Como escolher o jeans ideal?
A história do jeans
O jeans certo para você

Foto: luciluna9.blogspot.pt

Gossip Girl: Tendência de Nova York para o mundo

Gossip Girl é uma tendência de moda

Não é de hoje que nos deparamos com os figurinos da série americana Gossip Girl tem tido presença constante em revistas e artigos.Não precisa ser fan da série para saber que o programa dita moda e está sempre apresentando novidades que inevitavelmente viram tendência.Gossip Girl teve início em 2007,produzida pelo canal Warner Channel.Desde a sua estréia,a série foi premiada como melhor programa de TV por diversos segmentos por quatro anos seguidos.

A série é gravada em cenários Nova Yorkinos bastante conhecidos do público como o Gran Central Terminal,o The Metropolitan Museum of Art que inspiram não só fashionistas como fans da série espalhados pelo mundo.

A tendência da vez são os looks com um ponto de cor.Vestidos básicos com casacos amarelos,composições em tons totalmente pretos ou nude com sapatos peep toe cor de rosa,enfim.Quebrar o básico e e chamar atenção para uma única peça.A dica para quem ainda não consegue ousar desta forma é apostar na bolsa,não tem como errar.Bolsas coloridas são a aposta alta para a próxima estação.

Nas últimas gravações que aconteceram em ManhattanBlake Lively, intérprete da personagem principal Serena Van der Woodsen e Leighton Meester, atriz que dá vida á melhor amiga de Serena, Blair Waldorf, foram flagradas com peças amarelas quebrando a composição simples dos looks.

Segundo Eric Daman da série, os looks mais icônicos das personagens foram o primeiro vestido de sua criação, usado por Leighton Meester no episódio em que se forma na escola.

A tendência Gossip Girl está tão sólida, que diversas marcas e estilistas já lançaram coleções inspiradas nos looks das meninas. O exemplo mais recente foi o da estilista americana Anna Sui  em parceria com a Target  uma mini coleção de dezenove looks inspirados nas personagens principais da série. Tem vestidinhos rendados e saias românticas que tem tudo a ver com a Blair Waldorf, vestidos decotados e saltos estravagantes no melhor estilo Serena, e ‘ankle boots’ e jaquetas pretas para quem curte o estilo da personagem da Taylor Momsen, Jenny Humphrey.

Mas a grande novidade é que a série que está ditando moda desde a sua primeira temporada,terá sua própria linha de roupas. A parceria entre a Warner Bros. e a marca de roupas famosa em Los Angeles, Romeo e Juliet Couture.

A coleção tem lançamento previsto para acontecer junto com o final da quinta temporada.Ainda não tem peças da coleção sendo vendidas no Brasil, porém, a dica é substituir as peças por outras que já temos no guarda roupas ou  que podem ser facilmente encontradas em lojas de departamento para criar nossos próprios looks inspirados nas personagens da série.

Foto: seriestvblog.com

Chanel representa o marco da conquista feminina

Com estilo e atitude, Gabrielle Coco Chanel foi ícone dos anos vinte, revolucionando o conceito de moda da década e libertando mulheres de trajes desconfortáveis e rígidos, típicos do final do século dezenove. Chanel rompeu barreiras até na área de perfumaria, lançando em 1921 o famoso ‘Chanel N° 5’, primeiro perfume sintético a levar o nome de um estilista. O frasco art-déco foi incorporado á coleção permanente do Museu de Arte Moderna de Nova York.

Chanel trouxe para as mulheres, a potência de ser feminina e ter um estilo próprio. A voracidade por ascenção social, status e reconhecimento eram traduzidos em roupas altamente emblemáticas nos anos vinte. A mulher idealizada por Chanel, tinha um ar dominante, moderno e puramente elegante. O estilo foi duramente criticado por revistas de moda e profissionais de área, que ainda seguiam uma linha altamente conservadora. Chanel arriscou e acreditou em sua proposta mesmo sabendo que a mentalidade das mulheres ainda não estava preparada para assimilar as tendências inovadoras marcadas por ternos de alta costura, túnicas em malha de corte reto e saias na altura dos tornozelos. Porém, o estilo acabou caindo no gosto da elite francesa.

Quando o assunto é desfile da Chanel, as roupas correm o risco de se tornarem um mero detalhe. Esmaltes, penteados e maquiagens exóticas são pontos altos da marca. Durante a última semana de moda em Paris, a marca mostrou mais uma vez que veio para causar. A novidade da vez foram apliques de sobrancelhas feitos de pedras. O diretor de maquiagem da marca, Peter Philips teve a inspiração a partir de um croqui desenhado por ele, onde mulheres usavam pedras encima das sobrancelhas. Assim, resolveu levar a ideia para as passarelas. Modelos exibiam lantejoulas cinza e pérola e aplicação de pedras em tons variados.

A marca, que recentemente lançou um site de maquiagem assinado por Peter Philips, apresenta vídeos tutoriais, produtos preferidos da estação e os últimos desfiles.

Chanel também é ‘hit’ no que diz respeito á beleza das unhas. A coleção ‘Les Khakis’ criado também por Peter Philips foi sucesso absoluto nos EUA e não tem feito feio no Brasil também. Cores opacas e tons nude são o forte da coleção de esmaltes que promete longa duração e maior fixação.

Tanta inovação e tecnologia levaram a marca a ser uma das mais compradas por temporadas seguidas em diversos paíseis da Europa e nos EUA.

Produtos como inovadores pincéis para olhos, lábios e unhas, acessórios incríveis e criações renomadas da alta joalheria também fazem parte do sucesso de Chanel.

O anel Camélia, em ouro branco foi usado por diversas atrizes e modelos, mesmo antes de seu lançamento.

Leia mais sobre Chanel:

Nova chefe da Chanel: Gigi Burris
Chanel e moda francesa